Custom Glitter Text
Creia em Deus. Exercite a sua fé. Tire a pedra da incredulidade do seu coração. Obedeça à palavra de Jesus, que mandou tirar a pedra do sepulcro para que Ele ressuscitasse a Lázaro. Se você quer ser um verdadeiro cristão, exercite a sua fé em Deus. As Sagradas Escrituras enaltecem aqueles que não viram e creram (João 20:29). Estas bem-aventuranças abrangem a todos quantos aceitam Cristo como o seu Salvador, honram e glorificam o nome de Jesus Cristo que é sobre todo o nome.

seguidores

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

“Águas Profundas, Relacionamento Profundo – 4 níveis de intimidade com Deus” Parte I

25082010

“Águas Profundas, Relacionamento Profundo – 4 níveis de intimidade com Deus”

Por Pr Alex Oliveira

(Atualizado em 30/12/11)

Sendo a bíblia tão atual hoje, como era no passado, pergunto-me: por que mesmo diante de quase sete bilhões de pessoas, a bíblia declara que o Pai “procura” verdadeiros adoradores (Jô 4.22-24)?

Já refletiu sobre isto?

A mesma razão me faz perguntar: por que diante de quase três milhões de pessoas que saíram da escravidão no Egito – Deus somente falava com Moisés (Ex 33.9-11)? E não só isto, a respeito dele o próprio Deus testifica:

… E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o SENHOR, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele. Não é assim com o meu servo Moisés que é fiel em toda a minha casa. Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a semelhança do SENHOR” (Números 12:6-8).

Será que havia algo de especial em Moisés, e nesses adoradores que o Pai ainda hoje “procura”? Teria Deus escolhido alguns homens aleatoriamente, ou tinham esses homens algo que chamava atenção e cativava o coração de Deus?

Por que muitos são chamados e poucos escolhidos (Mt 22.14)? Por que muitos entram pela porta larga, ao passo que poucos adentram pela porta estreita (Mt 7.13,14)?

Deus faz acepção de pessoas? Não! Então o que pode ser?

ESCREVA ISTO: DEUS FAZ ACEPÇÃO DE ATITUDES!

Em outras palavras, uns querem, outros não! Uns fazem além, outros não! Uns se entregam de todo o seu ser… outros não!

Pergunte a si mesmo…

Por que alguns poucos homens e mulheres, chamados ‘Heróis da Fé’ (Hb 11), largaram suas vidas e,muitos, tudo o que tinham? Sofreram, foram humilhados, escarnecidos, rejeitados, entregaram-se a morte – tudo isso e mais, por amor a Deus, por amor a causa de Deus aqui na terra.

A bíblia nos mostra quatro níveis de intimidade. E por que existindo quatro níveis de revelação e intimidade com Deus (Ez 47.2-8), a maiorias das pessoas vivem no 1º e no 2º nível; alguns poucos alcançam o 3º nível, e pouquíssimos adentram o 4º nível??

Explico…

O escritor de Hebreus relata que dentro do Templo, existia um véu que fazia separação de um recinto para outro recinto. Não era qualquer recinto. Esse véu separava o Santo lugar do Santo dos Santos. Esse véu delimitava a fronteira do Material para o Espiritual; e isto tipifica uma fronteira do Natural para o Sobrenatural.

Sabemos, pois fica evidente em toda as Escrituras Sagradas, que Deus não se manifesta em qualquer lugar. O lugar que Deus se manifesta tem que ser altamente Santo, consagrado, separado; por isso o nome Santo dos Santos. E por isso, também, o véu, para fazer separação do lugar mais santo. Creio eu, não que Deus não possa se manifestar em qualquer lugar, sendo Ele Onipresente; mas, por causa da sua Santidade, que de modo nenhum entra em contato com o que é abominavel (O PECADO). Tenho constantemente dito que, para compreender as coisas de Deus, precisamos entender a relação contrária que tem a SANTIDADE de DEUS x o PECADO.

Certo pregador uma vez asseverou: “Sabe por que não largamos o pecado?? Porque não o odiamos tanto assim“. Se eu posso tirar uma conclusão desta assertiva, eu diria: “Também não nos aproximamos tanto de Deus quanto queremos e devemos, simplesmente, pelo mesmo motivo exposto acima”.

Mas, voltando… na noite em que JESUS morreu na cruz, esse véu foi rasgado de alto a baixo (Mt 27.51); para que, TODOS, respeitada as normas, regras, tivessem acesso ao mais alto nível de santidade e intimidade com Deus. Mas, o que nós vemos hoje?

O apóstolo Paulo declara em sua epístola que existe um tipo de véu que está no “coração” de algumas pessoas (2 Co 3.14,15). Embora aquele véu tenha sido rasgado, quando da morte do Senhor, e tenha sido removido; parece que ele ainda está na mente e no coração das pessoas; e elas, ainda hoje, estão muito aquém de onde poderiam e deveriam estar.

A maioria de nós não tem coragem ou ousadia, disponibilidade, abnegação, fé para adentrar no Santo dos Santos! Amamos mais a nossa vida e as coisas da vida, do que a presença de Deus e seu reino! Sabemos muito bem o que significa adoração, mas não sabemos o que significa ser adorador!

Deus deu grandes experiências a grandes homens. Noé (Fez a arca a pedido de Deus), Abraão (amigo de Deus), Israel (Lutou com o anjo e prevaleceu), José (Interpretava sonhos), Moisés (falava face a face com Deus, viu a glória de Deus), Elias e Eliseu (foram grande e ousados profetas), Daniel (Teve a visão dos últimos dias, Foi arrebatado), Apóstolo Paulo (foi arrebatado aos Céus), João (teve a visão futura da Igreja), e tantos e tantos outros exemplos.

Não estou falando que todos vão ter experiências com Deus como estes homens citados e outros tiveram. Uma coisa é dizer que vai ter; outra coisa é dizer que é possível ter! Depende da fé de cada um!

Precisamos saber que o tamanho da experiência que viveremos dependerá da profundidade do relacionamento que você tem ou terá com Deus. Não estou falando aqui de milagres! Se Creres verás a glória de Deus. Estou falando de algo muito mais profundo que isso! Falo de vida com Deus, de conhecê-lo em espírito e em verdade! De obedecer e cumprir seus mandamentos.

Talvez você ache que precisa ser perfeito para entrar no lugar mais santo e alcançar esse nível de intimidade com Deus. Digo-lhe que não! Porém, não é fácil negar a si mesmo, tomar a sua cruz e seguir a Jesus. Podemos e devemos buscar a santidade. É só tomarmos como exemplo os próprios homens de Deus citados acima, que estavam sujeitos as mesmas fraquezas que nós, mas fizeram a diferença. Deus te convida nesses dias a pisar no Santo dos Santos.

Quando experimentares as profundezas do Oceano de intimidade com o Senhor não desejará voltar às margens do Rio! Com certeza!

Deus está procurando, hoje, não aquele que o adora sem conhecê-lo. E nem aquele que o conhece, mas que o adora somente por palavras, uma adoração vazia! Mas ele procura aqueles que realmente têm no seu coração, um desejo ardente, não só de conhecê-lo, mas de ter uma profunda experiência com Ele (Jô 4.22-24).

5 comentários:

lucineia disse...

Olá, vim convidar vc apara ver as novidades em meu blog,espero vc por lá.
Muito obrigado
Neinha

Irismar Oliveira disse...

Muito boa essa palavra e destaco essa parte quando o autor diz: Precisamos saber que o tamanho da experiência que viveremos dependerá da profundidade do relacionamento que você tem ou terá com Deus. Isso é uma grande verdade.

Amiga muito obrigada por sua visita ao Vivendo pela palavra, seja sempre bem-vinda e volte sempre que desejar.

Um bom FDS

cecilia silva disse...

obrigada estou sempre la te visitando
obrigada pela sua visita tambem

Pr Alex disse...

Querida Cecilia... a paz!

Conheço muito bem esse nome... pois é o nome de minha querida e amada esposa. Toda Cecilia é gente boa e abençoada... rsrsrs!

Vim retribuir com muito carinho a visita ao meu blog... só peço-lhe desculpa pela demora em fazê-lo!! Estou um pouco sem tem, inclusive para atualizar o blog. Que Deus continue abençoando a sua familia e os seus, bem como o seu blog.

Espero sempre o seu retorno e o seu comentário no meu humilde recinto. Com certeza esterei aqui, também, sempre que puder!!

Em Cristo.

Blog O Poder das Escrituras Sagradas.

cecilia silva disse...

obrigada pastor estarei sempre te visitando pois tem boas palavras para nossa alma a paz

Recent Posts